Igreja da Misericórdia de Évora

(+351) 266 748 830
2ª a 6ª - 08:30 - 13:00 // 14:00 -17:30 | Sábado - 09:00 - 13:00 // 14:00 - 18:00 | Domingos e Feriados - Fechado
geral@scmevora.pt
A Igreja da Misericórdia de Évora

As Pinturas
Murais

A campanha de reedificação, do último quartel do século XVI, foi complementada com um programa decorativo do interior do templo, com pinturas murais que decoram a parte superior da nave, hoje encobertas pela campanha setecentista de talha dourada, telas e azulejos. 

Para formar um friso com a representação das Sete Obras de Misericórdia Corporais, o pintor de Évora adaptou as gravuras do flamengo Dirck Volkertsz, com o cuidado em representar os episódios com referências quotidianas.

Será essa proposta de renovação da pintura através de um naturalismo sensato, regrado pela noção do respeito devido às coisas sagradas e conhecido através do exemplo do que de melhor se fazia em Lisboa e Sevilha, o referente principal para a realização do programa da Misericórdia de Évora.

Os frescos podem ser atribuídos ao pintor Francisco João (1563-1595), que goza de prestígio na cidade, que é pintor do Santo Ofício, e que participa assiduamente na vida da confraria eborense, ainda que não se documente nenhuma obra do pintor nessa técnica.